Uma fantástica delicadeza: Matéria sobre a moda lolita no “Fantástico”

Os adeptos de estilos alternativos no Brasil, tem conquistado cada vez mais espaço na sociedade e conseguido quebrar as barreiras do estranhamento causado pelo preconceito e desinformação. Alguns estilos, antes vistos apenas em grandes centros urbanos, como São Paulo, agora ganham seguidores de norte a sul do país. Graças ao facilitado acesso à informação advindo da internet, observamos uma vasta opção de mercado – com a proliferação de inúmeras lojas voltadas às mais diversas tribos – e de sites, fóruns, blogs e comunidades que abordam estilos “fora do comum”.

As adeptas da moda lolita, que normalmente estão acostumadas com os olhares de admiração por parte de senhorinhas e crianças, encantadas com lacinhos, rendas e babados, tem instigado cada vez mais a população com seu jeito delicado e “kawaii” de ser. E essa curiosidade já tem acontecido há um bom tempo, desde que a moda começou a ser executada no Brasil, em torno da segunda metade da década de 2000.

Para esclarecer o público sobre a moda, a produção do programa Fantástico convidou Akemi Matsuda, embaixadora kawaii e representante da moda lolita no Brasil, reunindo-a com um grupo de amigas numa tarde regada a chás, na companhia do repórter Maurício Kubrusly, famoso pela maneira divertida com que conduz suas entrevistas. Akemi usa lolita desde 2006. Bailarina clássica, inspirou-se na atmosfera dos contos de fada para adentrar no encantador mundo lolita.

A matéria foi curta (o tempo na TV é precioso, geralmente matérias de cunho cultural/de entretenimento duram três minutos, por isso não há como se aprofundar mais no assunto), porém foi muito informativa ao distinguir o sensual do inocente enfatizando a diferença entre o que é a lolita urbana do Japão e a Lolita personagem do Vladimir Nabokov. Para uma audiência acostumada a ídolos da cultura de massa, creio que abordar um estilo que fuja um pouco dos padrões tupiniquins acrescente e contribua para uma melhor aceitação da moda lolita na sociedade brasileira.

Para quem não lembra, a Akemi veio a São Luís em 2012, no Matsuri V. Sempre muito simpática, foi gentil e atenciosa com todos, que ficaram encantados com a sua delicadeza. Na ocasião, Akemi ministrou um workshop de maquiagem, onde ensinou como fazer os “dolly eyes” e também apresentou seus dotes vocais através de um show acompanhada pelos meninos da banda ~Ka:rasu (que atualmente está com as atividades encerradas).

Imagem

Akemi Matsuda no Matsuri V, em 2012

Clique aqui para conferir a matéria do “Fantástico”!

Clique aqui para assistir a apresentação da Akemi no Matsuri V

 

Anúncios

2 opiniões sobre “Uma fantástica delicadeza: Matéria sobre a moda lolita no “Fantástico”

  1. Que bom que gostou, Miguel! Concordo com vc, existem muitas subculturas que merecem ser desvendadas! Variar a pauta do jornalismo de vez em quando não faz mal a ninguém 🙂

  2. Muito bom texto! Curti muito a matéria. Eu gosto quando as grandes mídias de massa fazem pautas como essa.. Isso é um grande passo para a desmistificação dessa subcultura tão popular! Adorei o post =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: